Um blog de Rui Baptista

domingo, Setembro 12, 2004

10 curiosidades sobre o Panamá

1 — O explorador espanhol Rodrigo de Bastidas descobriu o istmo do Panamá em 1501. Um ano depois, Cristóvão Colombo pisou finalmente o território, na sua quarta e última viagem ao continente americano. Mas quem primeiro percebeu as potencialidades do país foi Vasco Nunez de Balboa, que vaticinou que o Panamá viria a servir de ponto de ligação entre os oceanos Atlântico e Pacífico.

2 — Francisco Pizarro, o conquistador espanhol que arrasou o império do Incas, usou o Panamá como ponto de partida para as suas expedições ao Perú. Mais tarde, grande parte do ouro saqueado por Pizarro seguiu para Espanha através dos portos panamianos de Nombre de Dios e Portobelo. A trilhas do ouro através da floresta (Camino Real e Camino de Cruces) podem ainda hoje ser visitadas.

3 — A primeira cidade do Panamá (Panama La Vieja) foi atacada diversas vezes pelo pirata inglês Henry Morgan, acabando por ser saqueada. Foi mais tarde reconstruída mais para o interior, numa área conhecida hoje como Casco Viejo. Morgan era o terror dos espanhóis, e fez incursões violentas também em Portobelo, arrasando tudo à sua passagem.

(Panama La Vieja)

4 — O Panamá é uma nação mestiça. A composição étnica do país é uma mistura de europeus e indígenas, como os Kuna, os Emberá, os Guaymis e os Chocos. Durante a construçao do Canal chegaram ao país trabalhadores chineses, indianos e africanos.

(Retrato de um índio Emberá)

5 — Em 1903, os Estados Unidos da América apoiaram o Panamá na luta pela independência contra a Colômbia. Em troca, os americanos reclamaram soberania sobre as duas margens do Canal, que começou a ser construído em 1881 pelo francês Ferdinand de Lesseps, mas que só ficou concluído em 1914, sob a condução de George Washington (sem parentesco com o presidente americano do mesmo nome).

6 — O Canal do Panamá tem 80 quilómetros de extensão e liga os oceanos Atlântico e Pacífico. Funciona através de um elaborado sistema de comportas, e a travessia tem uma duração média de 8 a 10 horas. A sua construção custou a vida a cerca de 30 mil pessoas, vitimadas por acidentes, e por surtos de malária e febre amarela.

7 — O Canal do Panamá é o único lugar do mundo onde os comandantes dos navios militares são obrigados a ceder o controlo do barco durante a travessia. Uma equipa de 200 pilotos encarrega-se de levar os barcos de um oceano ao outro sem acidentes.

8 - A ponte das Américas é a única ligação terrestre entre as duas margens do Canal. Na prática, a ponte inaugurada em 1962 liga a América do Norte à América do Sul


9 — Depois de muitos protestos dos panamianos, os americanos acabaram por aceitar renunciar à soberania sobre a chamada Zona (um corredor que se estendia por oito milhas em cada margem). O acordo foi assinado em 1977, pelos presidentes Carter e Omar Torrijos.

10 — O controle sobre o Canal passou para o Panamá em 31 de Dezembro de 1999. Na mesma altura, os americanos cederam aos panamianos diversos aquartelamentos militares, nomeadamente a base militar de Allbrook, que hoje serve de aeroporto para voos internos.

posted by Rui Baptista at 2:48:00 da manhã

1 Comments:

You have a riveting web log and undoubtedly
must have atypical & quiescent potential for
your intended readership. May I suggest that
you do everything in your power to honor
your Designer/Architect as well as your audience.
Please remember to never restrict anyone's
opportunities for ascertaining uninterrupted
existence for their quintessence.

Best wishes for continued ascendancy,
Howdy
Editor

'Thought & Humor'
Cyber-Humor & Cyber-Thought
http://ilovehowdy.blogspot.com/
Harvard Humor Club
http://groups.yahoo.com/group/Harvard_Humor_Club/

3:01 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home